TIMING V.0.0.1

October 2020

Timing V 0.0.1 é uma obra computacional escrita em Processing com uma manifestação visual bem simples que visa investigar a relação da observação visual, a memória e a concepção cultural do Tempo como Dimensão. A Dimensão Tempo é uma dimensão construída pelo Ser Humano em uma clara ligação corporal com o Mundo, para "vermos" o Tempo nosso cérebro processa uma equiparação entre duas "imagens" que ele imediatamente rotula como antes ou depois, e é nessa comparação que se constrói a dimensão do tempo marcando que entre o antes e o depois deve ter acontecido algo. No Timing V 0.0.1 iniciam-se as "brincadeiras" com esse conceito, as imagens capturadas em tempos aleatórios vão sendo registradas em uma janela (MEMORY) enquanto que em outra janela (TIME) o objeto (por enquanto simbolizado por uma figura geométrica simples, no caso uma elipse) continua sua rotina indefinidamente.

 
 

ORI_V.0.0.6

Mar - Abr 2020

Origami is an ancient Japanese technique of paper folding that has spread around the world. Through techniques such as creases, cuts and internal and external folds small animals, utensils and even mythological figures emerge. So what would it be like if these folds had movement linked to the movements of the human body? Thus, origami points are connected to human limbs recognized by motion sensors. At this point in the development, animation techniques that would move an object made of paper and in the virtual world are still being explored.

O Origami é uma técnica milenar japonesa de dobradura de papel que se difundiu no mundo todo. Por meio de técnicas como vincos, cortes e dobras internas e externas pequenos bichos, utensílios e até figuras mitológicas surgem. Então como seria se essas dobras tivessem movimento ligados aos movimentos do corpo humano? Assim, pontos de origamis são ligados à membros humanos reconhecidos por sensores de movimento. Neste ponto do desenvolvimento ainda estão sendo exploradas as técnicas de animação que dariam a movimentação de um objeto feito de papel e no mundo virtual.

 

MEMORILHA

Mar 2019

Memorilha is a cutout in many ways, many dimensions. In a memory space allocated somewhere in the network of neurons in our brain mass, there is a locus that reserves an island-translated memory. In another meaning network there is the linking of other memories shared with the group and translated into other images in the digital environment.

Memorilha é um recorte em vários aspectos, várias dimensões. Em um espaço de memória alocada em algum caminho da rede de neurônios de nossa massa encefálica, há um locus que reserva uma memória traduzida em ilha. Em uma outra rede de significação há a ligação de outras memórias compartilhadas com o grupo e traduzida em outras imagens no ambiente digital.

 
 
DSC_3856.jpg
 

EVO_CIRCUITO

May 2018

In this computational experience / artwork / research, we proposed an intersection between pictoriality, sculpturalism and the language of computational art in which one acts in a significant way to the other, that is, re-signifies the interactive creative process, considering the gesture in conception. as well as mutations mediated by an evolutionary algorithm in real time. After several experiments, we developed an energy-conductive paint, and we propose to develop a mural that will define an interface between the interactor and generative light and sound reactions. However, the interaction of the interactor will be mediated by a device that will enable or disable the actuation lines of the same next to the panel and its reactions, as well as the manual interaction of the interactor with electrical contacts in the circuit paths. Thus, the intention is to that of acting on the changeability of the public's actions with the work, and of the algorithm itself, generating different meanings.

Artwork by: Teo Augusto da Silva, Prahlada Hargreaves, Artur Cabral Reis, Lorena Ferreira, Cláudio de Castro Coutinho Filho and Suzete Venturelli

 
Cubos em Dança

Cubos em Dança

 

CUBOS EM DANÇA - VERSION A TO P

Artwork by Alexandre Rangel and Teo Augusto, 2019

Homage to artist Sol LeWitt, visiting his "Incomplete Cubes"

Homenagem ao artista Sol LeWitt, visitando os seus "Cubos Incompletos".